Colesterol elevado na gravidez

O colesterol desempenha um papel útil para a grávida. É ele que garante que o colesterol e ácidos gordos essenciais chegam ao bebé. Portanto, os valores da colesterolémia (colesterol no sangue) aumentam na gravidez, mas isso normal. Só representa uma preocupação se a mulher, já antes da gravidez, sofrer de excesso de colesterol significativo e hereditário a denominada hipercolesterolémia familiar. Nesse caso o médico poderá optar por um regime alimentar para que o nível de colesterol não aumente mais 20%.
As indicações médicas devem ser acatadas porque um regime feito durante a gravidez pode conduzir a deficiências de lípidos na dieta e consequente carência de vitaminas e ácidos gordos essenciais, vitais para o correcto desenvolvimento do bebé.